• Cuiabá, 17 de Maio - 00:00:00

Tráfico de drogas: operação da PF desmantela facção criminosa


Da Redação

A Polícia Federal informa que "a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará (FICCO), em ação conjunta com as Polícias Civis dos Estados do Acre, da Bahia, do Ceará, do Maranhão, de São Paulo e do Pará, com as FICCOS dos Estados de Pernambuco, Tocantins e Mato Grosso e Paraná, deu continuidade às diligências que resultaram na deflagração da Operação Extramuros".

Via Comunicação, a PF ressalta:

Na última sexta-feira (05/04), foi preso um dos idealizadores e chefes de um grupo criminoso cearense com atuação no tráfico de drogas na fronteira do Brasil com a Bolívia. Na ocasião, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência do investigado, localizada em um condomínio de alto padrão na Região Metropolitana de Fortaleza/CE, e apreendidos dois veículos.

Durante a ação policial, foi dado cumprimento a mandado de busca em outro local, nesta cidade, culminando na prisão de outro indivíduo, de 34 anos. Os presos foram encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal e ficarão à disposição da Justiça.

Na sequência investigativa, foi apreendido, na manhã dessa segunda (08/04), mais um veículo pertencente ao grupo criminoso, no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza/CE. Além disso, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão criminal no município de Brasileia/AC.

Pelo período da tarde, foram cumpridos mandados de prisão em desfavor de dois médicos, nos municípios de Garça/SP e de Novo Itacolomi/PR. Ambos os alvos são suspeitos de praticarem lavagem de dinheiro para o grupo criminoso que atua na capital cearense.

Na manhã desta terça-feira (09/04), mandados de busca e apreensão domiciliares foram cumpridos nas cidades de Trairão/PA, Rondon/PA, Camocim/CE, Fortaleza/CE, Açailândia/MA, Várzea Grande/MT, Fernandópolis/SP, Foz do Iguaçu/PR, Caruaru/PR e Olinda/PR. No total, foram deferidos 13 mandados de prisão e autorizadas buscas e apreensões em 44 endereços.

Foram presos ainda indivíduos em diversas cidades, entre eles um advogado no município de Várzea Grande/MT. Além disso, foram sequestrados imóveis e veículos pertencentes ao grupo criminoso.

Quanto aos valores movimentados pelos criminosos na investigação, foram identificados fluxos significativos nas contas dos investigados, totalizando mais de R$ 33 milhões.

A FICCO/CE continua empenhada em combater o crime organizado e garantir a segurança da população.

Força Integrada de Combate ao Crime Organizado – Ficco

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará (Ficco) é composta pela Polícia Federal (PF), Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Nacional de Políticas Penais (SENAPPEN), Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado do Ceará (SAP).

 

Com Comunicação PF




Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados com *

Nome:
Email:
Comentário: