• Cuiabá, 17 de Maio - 00:00:00

Desinformação e crime contra a vida


Sonia Fiori

O Brasil conhece bem o terreno raso das fake news - que infelizmente ganha agora novos contornos sobre a tragédia no Rio Grande do Sul. 

Em meio a todo esforço de estados, sociedade civil organizada, Governo Federal e apoio internacional - uma onda avassaladora de informações falsas vai na contramão. 

Veículos de Comunicação no país se unem em busca da ampliação do combate às notícias infundadas - e que tem muitas vezes como "pano de fundo" a "politicagem". 

A boa política não tem bandeiras - e está somando esforços para socorrer os milhares de desabrigados no RS - que até a noite desta quarta-feira (14/5) - segundo informações do Portal Agência Brasil, contabiliza 148 mortes pelas chuvas..

É simplesmente vergonhoso e muito triste verificar o nível desses seres "desumanos" tramando e espalhando - criminosamente, mentiras sobre esse contexto no RS. 

Nós da imprensa vamos manter firme a luta contra esse mar de lama - cruel e que causa repulsa - de fake news. 

Vale lembrar que também estamos atentos para ajudar a descobrir a "fonte" - ou seja, os autores das "desinformações" - que deverão arcar com seus atos - passando a responder pela absurda irresponsabilidade. 

E fica a pergunta: como se classificam esses "seres" capazes de ações atrozes, nesse caso - criando fake news - quando milhares de irmãos atravessam o pesar da perda de familiares e resistem bravamente às intempéries da vida?

Penso que cadeia é a resposta mínima para esse nível de desfaçatez.

Ajude! Não repasse informações sem verificar se é verdade. Denuncie às autoridades competentes. 

Todos contra as fake news por um Brasil de paz e nesse momento - focado na solidariedade aos irmãos do RS.   




Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados com *

Nome:
Email:
Comentário: