• Cuiabá, 17 de Maio - 00:00:00

Promessa: novo PAC deve contemplar maioria dos municípios de MT


Da Redação

O novo PAC - Programa de Aceleração do Crescimento, prevê para o Estado de Mato Grosso investimentos em 84 municípios. 

A destinação desses recursos para o Estado - com pedido de celeridade - foi ponto de reunião com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, no Palácio do Planalto.

No encontro recente, o senador Jayme Campos (União-MT) pediu agilidade do Governo no desenvolvimento das obras e aquisições previstas no novo PAC, em Mato Grosso.

Os municípios de Mato Grosso devem ser contemplados com empreendimentos na área da saúde, infraestrutura social inclusiva e educação. “Existe uma grande ansiedade da população em torno do PAC, uma expectativa imensa porque, como sabemos, Mato Grosso tem dado importante contribuição ao desenvolvimento nacional, seja na Balança Comercial, ou na construção do PIB, e, naturalmente, pede sua contrapartida, sobretudo, na melhoria social”, frisou o senador, acompanhado do deputado federal Emanuelzinho (MDB-MT).

Mais informações divulgadas:

O novo PAC totalizará em Mato Grosso 199 ações. Na saúde, por exemplo, estão previstas aquisição de 47 ambulâncias para o SAMU, implantação de uma Central de Regulação, uma oficina ortopédica, um Centro Especializado em Reabilitação, quatro centros de Atenção Psicossocial, uma policlínica, aquisição de 8 unidades odontológicas móveis, construção de duas maternidades com Centro de Parto Normal e implantação de mais 47 Unidades Básica de Saúde, as UBS.

Na infraestrutura social inclusiva Mato Grosso receberá três projetos de arquitetura e engenharia volta ao restauro, a conservação e a promoção do patrimônio cultural, construção de quatro espaços esportivos comunitários e cinco centros culturais.

Na reunião com o ministro, Jayme Campos pediu também especial atenção para a implantação de 12 escolas em tempo integral e implantação de 34 novas creches destinada a educação infantil. Alexandre Padilha, de sua parte, afirmou que o novo PAC está sendo desenvolvido dentro do cronograma e assegurou que a seleção dos projetos foi fundamental para evitar atrasos.

Ele agradeceu o empenho do senador e do deputado federal na busca de uma melhor governabilidade, segundo ele, fundamental para o avanço dos projetos como o PAC. IFMT e Minha Casa Rural Fora da agenda do novo PAC, o senador mato-grossense reforçou ao ministro para que haja celeridade na implantação das três novas unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IF) em Mato Grosso. Os campi deverão ser construídos nos municípios de Canarana, Água Boa e Colniza.

Além disso, salientou a importância de que haja fluxo para as obras de restruturação dos demais campis espalhados no Estado. Outra demanda levada pelo senador Jayme Campos ao ministro Alexandre Padilha diz respeito ao programa Minha Casa, Minha Vida-Rural.

O senador mostrou ao ministro a importância do programa avançar em Mato Grosso, onde existe uma forte demanda de famílias e povos tradicionais que residem no interior. Ele ressaltou ainda o grande contingente de trabalhadores na agricultura familiar, com mais de 130 mil propriedades.

 

Com Assessoria




Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados com *

Nome:
Email:
Comentário: