• Cuiabá, 16 de Novembro - 00:00:00

BERÇO ESPLÊNDIDO

Informações apontam que tem assessor "chorando", e a via judicial deve ser buscada.

Isso porque o chefe, um parlamentar, se nega a pagar as horas extras...

 



0 Comentários



    Ainda não há comentários.