• Cuiabá, 24 de Novembro - 00:00:00

EXONERAÇÃO ATROPELA DIREITOS

Por meio de nota, a Câmara de Cuiabá informa estar cumprindo a lei trabalhista em relação ao quadro de exonerados. Isso porque na leva de 460 demitidos, duas servidoras estão grávidas e foram recontratadas.

A pressa foi tanta para exonerar os servidores na "luta" pela suplementação de R$ 6,7 milhões suspensa pela Justiça, que a Casa de Leis esqueceu de checar o quadro, atropelando direitos...

Confira a nota:

"Em reconhecimento aos direitos reservados a servidores públicos, a Câmara Municipal de Cuiabá decidiu nomear as servidoras Carolina R. Freitas e Joyce O. Moraes, por estarem grávidas. Elas entraram na lista dos 460 nomes que esta Casa exonerou no último dia 06 de outubro.

A servidora Jéssica L. da Silva que não estava na lista, em razão de estar gozando licença maternidade.
 
Já outros três servidores foram renomeados por estrita necessidade da Casa, são eles, o técnico em telefonia Thadeu Augusto Godoy Pereira, a fotógrafa Bruna Maria Souza dos Santos – para trabalhar no plenário durante as sessões, e Maria Auxiliadora da Silva serviços gerais para atender as sessões.

Essas medidas serão devidamente publicadas na edição do próximo dia 20 do Diário de Contas do TCE."

SECOM – CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ
ASSESSORIA



0 Comentários



    Ainda não há comentários.