• Cuiabá, 17 de Dezembro - 00:00:00

PODER E GLÓRIA

De delegado a juiz. Delegado investiga, juiz julga – pelo menos deveria ser assim.

Essa é a opinião de um renomado advogado do Estado acerca das declarações de um delegado que conduz importante investigação em Mato Grosso.

“Causa estranheza os comentários do delegado, inclusive colocando em risco a colaboração dada sua descaracterização”. E emendou: “é evidente a interferência beirando a parcialidade do delegado que parece querer imitar o juiz Sérgio Moro”.

 



0 Comentários



    Ainda não há comentários.