• Cuiabá, 21 de Novembro - 00:00:00

Prestação de contas do governador Pedro Taques revela dívida de R$ 2,2 milhões


Da Redação - FocoCidade

Além de amargar a derrota nas urnas, o governador Pedro Taques (PSDB) terminou a campanha 2018 com saldo negativo sobre recursos disponibilizados no período. É o que mostra o sistema da Justiça Eleitoral, atualizado na terça-feira (6), sobre a prestação de contas do tucano, pontuando despesas da ordem de R$ 4.750.938,66 e recursos recebidos de R$ 2.548.075,00, ou seja, a dívida soma R$ 2.202.863,66.

Os dados junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pontuam ainda que foram pagas despesas em montante de R$ 2.404.475,05.

O sistema da Justiça Eleitoral demosntra que a maior fonte de arrecadação de Taques foi do diretório nacional do PSDB, de R$ 1,5 milhão. 

O limite de gastos de campanha para candidatos ao Governo foram de até R$ 5,6 milhões. 

No partido, segundo fonte, o assunto "dívidas da campanha de Taques" provoca desconforto, já que teoricamente caberá à legenda honrar os compromissos, leia-se gastos de campanha, em situação de aperto de caixa.