• Cuiabá, 12 de Novembro - 00:00:00

Mendes se reúne com Taques nesta semana e promete anunciar novo staff em dezembro


Da Redação - FocoCidade

Governador eleito Mauro Mendes (DEM) confirmou reunião, na próxima quinta-feira (25) com o atual gestor do Estado, Pedro Taques (PSDB), sendo o encontro o embrião das ações de transição da administração de Mato Grosso.

Sobre a equipe de primeiro escalão, ressaltou que "o anúncio de secretariado só irá ocorrer na primeira quinzena de dezembro. O resto é mera especulação". 

Disse que entre os temas a serem abordados na reunião com Taques, consta discussão em torno da peça orçamentária delineada para 2019. Mendes comentou os reflexos negativos ao caixa do Estado caso seja mantida decisão de Taques de não prorrogar o Fethab 2 - com previsão média de arrecadação anual de R$ 450 milhões.     

Considerou o cenário difícil das contas do Estado, com dívidas junto aos fornecedores, frisando a situação de aperto de cinto dos municípios. O governador eleito disse que em relação à dívida do Governo com os municípios, fará uma checagem para conferir os números, buscando dentro da nova dinâmica e desempenho do Estado, buscar alternativas para resolução de pendências.   

Mendes também criticou o Governo Taques ao lembrar que quando comandou a prefeitura de Cuiabá, deixou a gestão com pendências a receber do Executivo do Estado. Emendou as críticas ao lembrar que o Governo deixou de repassar às obras do novo Pronto Socorro de Cuiabá recursos fundamentais, mas acentuou que a remessa a cargo do Governo Federal, relativa aos R$ 100 milhões previstos no Programa Chave de Ouro, devem colaborar para a conclusão do projeto.  

Estado quebrado

O governador eleito destacou, mais uma vez, que "Mato Grosso está quebrado. Aquilo que arrecada não paga as contas. São centenas de formecedores que não recebem. Relatório da AMM (dívidas com municípios) será checado no Governo para que nos permita ter segurança para fazer planejamento. Temos que pagar em dia aquilo que vence", alfinetou.