• Cuiabá, 19 de Novembro - 00:00:00

Prefeito destaca "obra dos 300 anos" e anuncia contratações para acelerar novo PS


Da Redação - FocoCidade

Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) disse que "o novo Pronto Socorro vai entrar para a história como a maior obra em saúde pública dos 300 anos de existência de Cuiabá e uma das maiores obras de Mato Grosso”. A pontuação ocorreu nesta segunda-feira (22), durante visita técnica do ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, às obras.  

O prefeito assinalou ainda que, em uma reunião realizada no último domingo, 21, com a diretoria do consórcio responsável pela obra, ficou determinada a contratação de mais 100 homens para dar mais celeridade ao trabalho. “Hoje a obra do PS está com 210 homens trabalhando e com estes outros 100 que estamos contratando conseguiremos entregar o Pronto Socorro em dezembro, como é o compromisso que firmamos com o presidente Michel Temer”, afirmou.

Carlos Marun visitou na manhã de hoje as obras do novo Pronto Socorro da Capital para verificar o andamento da construção, que recebeu do programa “Chave de Ouro”, do presidente Michel Temer, um aporte de R$ 100 milhões para a sua conclusão.

Além do prefeito, Emanuel Pinheiro, várias autoridades acompanharam a visita técnica, entre elas o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Maggi, o senador Wellington Fagundes, o governador eleito de Mato Grosso, Mauro Mendes, além de vários outros políticos e o secretário municipal de Saúde, Huark Douglas Correia.

O ministro Marun ficou bastante entusiasmado com o ritmo das obras do novo Pronto Socorro e reafirmou o compromisso de repassar os R$ 100 milhões do programa “Chave de Ouro”. “O presidente Temer determinou que fosse feito um esforço complementar no sentido de que algumas obras e ações no Brasil pudessem ser disponibilizadas à população ainda neste ano. Por meio de um esforço financeiro e de sinergia surgiu o desafio ‘Chave de Ouro’, que está contemplando 18 ações no Brasil. Aqui em Mato Grosso duas obras foram escolhidas pela sua relevância e importância para a população: este hospital e a duplicação da BR 163, no trecho entre Jaciara e Cuiabá”, revelou.

Marun falou ainda sobre a importância do novo PS para o estado. “Sem dúvida alguma a saúde em Cuiabá e em Mato Grosso vão ter dois momentos, um antes e outro depois da inauguração desse hospital. A obra está andando muito bem. Vimos de perto o dinamismo, tem muita gente trabalhando, muita coisa já concluída e outras ainda sendo finalizadas. Eu saio daqui com a expectativa de que é possível sim disponibilizarmos pelo menos parte desse Pronto Socorro ao uso da população ainda neste ano. Em cerca de 30 dias nós voltaremos aqui para outra visita como esta, com a certeza de que em dezembro possamos trazer o presidente da República para inaugurá-la, como é o seu desejo”, comentou.

Pinheiro também agradeceu ao ministro Blairo e ao senador Wellington pelo empenho em conseguir destinar estes recursos para Cuiabá. “Foi graças a eles que conseguimos esse recurso. Eu comentei sobre a minha preocupação em relação à situação do estado em poder conseguir repassar os recursos da emenda de Bancada Federal, Blairo e Wellington saíram à frente e buscaram incluir o novo Pronto Socorro no Programa ‘Chave de Ouro’. Eles precisavam de todo o projeto técnico e nós entregamos em tempo recorde, com a coordenação direta do nosso secretário de Saúde, Huark Douglas Correia. Em uma semana conseguimos cadastrar no Ministério da Saúde todo o projeto técnico, tanto das obras físicas, como dos equipamentos, que contam com cerca de 11 mil itens. Isso foi motivo de elogios efusivos do Ministério da Saúde à Prefeitura Municipal de Cuiabá, aos nossos técnicos e a nossa Secretaria de Saúde, pois apresentamos o projeto completo, inclusive com todas as licitações concluídas até o último dia útil desse mês de outubro, para garantirmos a entrega em dezembro. Cerca de 85% desse projeto técnico já está aprovado pela equipe técnica do Ministério da Saúde sem nenhum apontamento, e agora faltam apenas 15% para ser aprovado definitivamente”, explicou.

O ministro Blairo Maggi fez um agradecimento ao presidente Michel Temer, que foi o responsável por esse recurso chegar a Cuiabá. “Esse dinheiro vem da Presidência da República sem nenhum tipo de ressarcimento aos cofres públicos federais. É um presente para Cuiabá. É um presente para toda a população de Mato Grosso, que vai ter um local adequado para ser tratada. Espero que daqui para frente a saúde pública de Cuiabá possa melhorar e que as pessoas sintam uma mudança significativa na forma de atendimento”, concluiu.

 

Com Assessoria