• Cuiabá, 19 de Novembro - 00:00:00

Cerveja mato-grossense feita com furrundu recebe premiação internacional


 - Foto: Foto: José Medeiros
Da Redação - FocoCidade

O furrundu cuiabano conquistou destaque em premiação. O doce tradicional feito de mamão, rapadura e gengibre é o ingrediente especial da Louvada Benedita e agradou juízes renomados, mestres cervejeiros e amantes da cerveja do continente americano. A cerveja recebeu a medalha de bronze em um dos principais prêmios de cerveja do continente, o Copa Cervezas de America GCA 2018, na categoria American Stout.

Produzida com puro malte de cevada e furrundu, a Benedita foi criada em 2012 pelos jornalistas Anselmo Carvalho Pinto e Rodrigo Vargas e lançada oficial para comercialização em 2015. Em 2017, a Cervejaria Louvada assumiu a produção da cerveja por meio de uma parceria com os criadores da Benedita.

A Copa Cervezas de América é um concurso internacional, onde participam cervejas de todo o continente Americano. As que se destacam são premiadas com medalhas de ouro, prata e bronze. O concurso atua como uma plataforma anual de encontro da cultura cervejeira latino-americana, promovendo e proporcionando o intercâmbio de conhecimento entre os expoentes do meio.

Para o diretor comercial da Cervejaria Louvada, Ygor Quintela, a conquista desta medalha representa o reconhecimento pela qualidade da Benedita.

“É com certeza uma honra podermos receber este prêmio e reforça o nosso compromisso em produzir cervejas de qualidade. É importante destacar que a Louvada é uma cervejaria genuinamente mato-grossense e a Benedita, em especial, é produzida com um produto típico da nossa culinária, o que demonstra também o orgulho que temos do nosso estado e colocar o nome de Mato Grosso como um dos melhores produtores de cerveja é ainda mais gratificante para toda equipe Louvada Benedita”, afirma.

A Benedita tem espuma cremosa, amargor pronunciado, aromas característicos de torrefação, além do Furrundum. Harmoniza com sobremesas, chocolates e noites mais frescas. Ao total, participaram 1.685 cervejas, avaliadas às cegas por um júri especializado, durante três dias. Em sua sétima edição, a Copa Cervezas de América revelou os vencedores no fim de semana.

Com Assessoria