• Cuiabá, 12 de Novembro - 00:00:00

Gaeco cumpre mandados de prisão em Colniza por suspeita de tortura


Da Redação - FocoCidade

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), composto por membros do Ministério Público, polícia Civil e Polícia Militar, e a Promotoria de Justiça de Colniza estão, na manhã desta terça-feira (16), dando cumprimento a três mandados de prisão preventiva em Colniza, expedidos pelo juízo da comarca, em face do delegado de Polícia e dois investigadores do município.

Segundo o MP, "as investigações estão em curso e apuram a prática de crimes de tortura cometidos pelos implicados na comarca de Colniza".

Os cumprimentos dos mandados de prisão contam com o apoio e acompanhamento integral da Corregedoria Geral de Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso.

 

Com informações MP