• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

"A sociedade nos elegeu para fazer oposição ao próximo Governo", avisa Wilson Santos


Da Redação - FocoCidade

Após a defesa veemente do Governo Pedro Taques (PSDB) na Assembleia Legislativa, o deputado Wlison Santos dedicará boa parte de seu tempo à oposição ferrenha ao Governo Mauro Mendes (DEM).

Nas redes sociais, o tucano pontuou que será oposição "ao Governo e não ao Estado", ou seja, assinala que poderá avaliar e aprovar matérias de interesse da população.

Ao adiantar expediente sobre sua posição, e não poderia ser outra considerando a história política entre ele e Mendes, Wilson Santos manda recado de que deverá ser voz ativa e crítica sobre atos a cargo do governador eleito Mauro Mendes. 

O tucano foi um dos poucos do grupo sob Pedro Taques a "sobreviver" nas eleições 2018, contabilizando 14.854 votos. Ex-prefeito de Cuiabá, tem em Mauro Mendes um adversário que remonta aos tempos de universidade. Venceu Mauro Mendes na disputa à prefeitura da Capital (2008), sendo reeleito, mas amargou derrota depois de tentar retornar ao comando do Palácio Alencastro em 2016, para Emanuel Pinheiro (após desistência de Mendes, eleito em 2012 prefeito de Cuiabá e deixando a gestão com mais de 70% de aprovação popular).

Mesmo ocupando a vaga deixada por Mendes na disputa 2016, Wilson Santos não conseguiu o apoio do ex-gestor, o que contribuiu para sua derrota. Mauro Mendes, então no PSB, respaldou a disputa de candidatos do partido à Câmara Municipal, mas se posicionou "neutro" sobre o desafeto tucano, em que pese boa parcela de integrantes da sigla apoiarem o projeto do PSDB - que também foi derrotado mesmo com reforço do governador Pedro Taques, reprovado nas urnas nas eleições 2018 e sendo desbancado pelo senador Wellington Fagundes (PR).

Com esse quadro, Wilson Santos avisa: "a sociedade nos elegeu para fazer oposição ao próximo Governo, não ao Estado de Mato Grosso. Aquilo que o próximo Governo encaminhar ao Parlamento Estadual, que for ao encontro dos interesse da sociedade, que for beneficiar a sociedade mato-grossense, terá sempre o nosso apoio. Mas estaremos lá firmes, para fiscalizar com rigor, e defender os interesses de Mato Grosso. Valeu, muito obrigado pelo voto e pelo apoio".