• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

Em Brasília, Maggi e Fagundes articulam liberação de R$ 100 mi para novo Pronto Socorro


Da Redação - FocoCidade

Senador Wellington Fagundes (PR) e o ministro Blairo Maggi, da Agricultura fizeram um esforço concentrado junto ao Ministério da Saúde, nesta segunda-feira (8), para a liberação de R$ 100 milhões para conclusão e funcionamento do novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá. A nota de empenho foi assinada pelo secretário executivo Jocelino Francisco de Menezes.

Inicialmente, ficam disponíveis R$ 30 milhões na conta do Fundo Municipal de Saúde da Prefeitura de Cuiabá para a finalização das obras. Os outros R$ 70 milhões serão aplicados na aquisição de equipamentos. Esses recursos fazem parte do programa “Chave de Ouro”, do Governo Federal.

“Além de todo o trabalho que foi feito, é preciso enaltecer, sobretudo, o esforço do prefeito Emanuel Pinheiro e sua equipe técnica, que atuaram com muita determinação e agilidade para a preparação do projeto” – disse Fagundes. Ele elogiou também a equipe do Ministério da Saúde, cujos técnicos estiveram recentemente fazendo uma visita ‘in loco’ à unidade no mês passado.

No ato da assinatura do empenho para liberação dos recursos, o senador Wellington fez questão de lembrar que "as verbas que estão sendo disponibilizadas pelo Ministério da Saúde fazem parte de um acordo firmado com o Ministério dos Transportes, administrado pelo Partido da República". Além do novo Pronto Socorro, de acordo com o parlamentar, "foram priorizados também recursos para conclusão da duplicação da BR-163, no trecho entre Cuiabá e Jaciara".

O ministro Blairo Maggi, por sua vez, disse que "o presidente Temer trabalha para inaugurar, ainda neste ano, o novo hospital e Pronto Socorro" e destacou "a boa política do senador Wellington Fagundes que, no domingo, disputava uma eleição ao Governo e nesta segunda-feira, após o resultado, já está em Brasília trabalhando pelo interesse coletivo da população de Mato Grosso".

Fundamental para a estrutura de atendimento à população que acessa a saúde pública, o novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá é apontado como fundamental para desafogar o atendimento na atual unidade de urgência e emergência. A nova estrutura deve ocupar sete hectares na região do bairro Ribeirão do Lipa e oferecer mais de 300 leitos.

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Jocelino Francisco, prometeu ao senador que até o final deste mês deverá ser definida a liberação de R$ 12,4 milhões para a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá.

Os recursos fazem parte da emenda impositiva de bancada ao Orçamento Geral da União e, segundo o senador Wellington, "são resultado de uma força-tarefa da Comissão Mista de Orçamento voltada às melhorias do grande pacote de serviços que os hospitais filantrópicos prestam para vários municípios do Estado de Mato Grosso. Esses serviços filantrópicos são de extrema qualidade e importância. Eles são o principal apoio para o equilíbrio do sistema de saúde”.

 

Com Assessoria