• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

Renovação bate recorde para deputado federal; só Bezerra é reeleito


Rafael Costa - Especial

 

A eleição de 2018 para a Câmara dos Deputados em Mato Grosso foi marcada pela renovação de 90%. Apenas o deputado federal Carlos Bezerra (MDB), conhecido pela experiência de ex-governador e ex-senador foi reeleito. Bezerra foi o quinto mais votado com 57.168 mil votos.

O candidato mais votado foi o estreante Nelson Barbudo (PSL) que ganhou notoriedade nas redes sociais com vídeos críticos ao PT e de apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Com 99,5% das urnas apuradas, Barbudo já somava 125.918 votos, assumindo a liderança da disputa. O segundo mais votado pelos mato-grossenses foi o senador José Medeiros (Podemos) com 82.266 votos. 

Com forte estrutura de campanha espalhada em Mato Grosso, o candidato Emanuel Pinheiro Neto (PTB), filho do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) recebeu 76.005 votos. 

Com apoio de parcela do agronegócio, o ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller (PP), sagrou-se vitorioso com 72.813 votos. 

Egresso da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Leonardo Albuquerque (Solidariedade), estará a partir de 2019 na Câmara dos Deputados. O parlamentar recebeu 52.240 votos. 

Afilhada política dos ex-deputados federais Carlos Abicalil e Saguas Moraes, a petista e ex-secretaria de Estado de Educação, Rosa Neide foi eleita com 50.592 votos.

O ex-prefeito de Sinop Juarez Costa (MDB) foi eleito com 49.705 votos. Na história recente de Mato Grosso, essa é a maior renovação já registrada para deputado federal.

Considerado um dos “capitães” do candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em Mato Grosso, o produtor rural Nelson Barbudo (PSL) se mostrou um fenômeno de votos no Estado. Com 99,5% das urnas apuradas, Barbudo somava 125.918 votos.

Outro ponto a ser destacado na eleição para a Câmara Federal é que, dos 8 eleitos, sete serão “novatos” na Casa. 

O segundo colocado foi o senador José Medeiros (PODE), que recebeu 82.266 votos. O terceiro colocado foi o estudante universitário Emanuel Pinheiro Filho (PTB), filho do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que recebeu 76.005.

Ex-ministro da Agricultura, Neri Geller (PP) foi eleito ao receber 72.813 votos. O quinto colocado foi Carlos Bezerra, único deputado federal a ser reeleito. Ele recebeu 58.844 votos.

O deputado federal Leonardo Albuquerque (SD) recebeu 52.240 votos. Por fim, ainda foram eleitos a ex-secretária de Educação, Rosa Neide Sandes (PT), com 50.592 votos, e o ex-prefeito de Sinop, Juarez Costa (MDB), com 49.705.