• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

A força do comércio 


Gustavo Nascimento

O Brasil passará neste ano, por um dos mais importantes acontecimentos na vida política: as eleições diretas para os cargos de Presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e estaduais.

É o momento oportuno para que a população e instituições públicas e privadas possam debater sobre as prioridades a serem adotadas pelo próximo governo, para o atendimento às demandas da sociedade. Este debate faz-se ainda mais essencial tendo em vista as fragilidades que atualmente se apresentam no ambiente político e econômico brasileiro, bem como a necessidade imperiosa de se retomar o desenvolvimento.

Também é o momento de se refletir sobre a importância do comércio e do papel do empreendedorismo na economia brasileira.

Importante ser destacado que o consumo é a principal base de arrecadação no modelo tributário brasileiro. Conforme dados da Folha de São Paulo, no bolo tributário brasileiro, os impostos sobre o consumo representam 44% do total arrecadado no país.

Em Mato Grosso, os pequenos negócios representam 99,3% dos estabelecimentos, 67,2% dos postos de trabalho e 62,7% da massa de remuneração. Diante destes dados, observamos que precisamos avançar muito com políticas públicas básicas, como segurança jurídica, política de desenvolvimento, custos de operação, dentre outras.

Portanto, ciente que nós, do comércio e serviço, somos responsáveis pela maioria dos empregos gerados. Nossas entidades foram fundamentais em avanços para desenvolvimento e inclusive na defesa, pois nos deparamos, muitas vezes com políticas que na verdade eram prejudiciais para o setor produtivo.

Felizmente, a importância das micro e pequenas empresas vem sendo reconhecida, mesmo que aos poucos, pela sociedade e pelo governo, principalmente pela sua capacidade de gerar emprego e distribuir renda com baixo investimento.

É fato que ainda temos muito a fazer, e é por esse motivo que conclamamos a população a irmos às urnas conscientes na escolha por candidatos da renovação, que tenha a visão estadista, voltada para o desenvolvimento, gerando ambiente de negócios promissores, gerando mais oportunidades para as pessoas, oferecendo liberdade de consumo, desonerando o brasileiro, para que desta forma ele possa consumir mais e melhor.

 

Gustavo Nascimento é presidente da Associação dos Comerciantes do Varejo de Material para Construção de Mato Grosso (Acomac/MT)