• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

Prefeito alerta sobre limites da administração pública e busca acordo com grevistas da Educação


Da Redação - FocoCidade

Diante do anúncio de greve dos trabalhadores da Educação, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) pontua, nesta segunda-feira (1º), esforços da administração visando buscar acordo e assim "impedir que o sistema educacional entre em colapso com a paralisação das aulas para 55 mil crianças da rede pública", como acentuou. 

“Compreendemos os anseios dos servidores da Educação e, continuamos prontos para o diálogo, tendo sempre em mente as responsabilidades que temos com a população e as limitações fiscais dos gestores”, destacou. 

Pinheiro encaminhou uma nova proposta bem próxima da reinvindicação da classe. Segundo o documento encaminhado ao Sintep, além do percentual já aplicado, de 3,53% relativo ao RGA, o executivo dará mais 2,5% a título de ganho real, a ser aplicado a toda a categoria.

Para o secretário de Educação, Alex Vieira Passos, a Prefeitura está no limite da responsabilidade fiscal para evitar a paralisação. 

“Com essa nova contraproposta, totalizando um reajuste acumulado com o RGA já aplicado de 6.03%, acreditamos estar atendendo os anseios dos trabalhadores da Educação, com responsabilidade orçamentária e fiscal”, afirma Passos.

 

Com Assessoria