• Cuiabá, 23 de Outrubro - 00:00:00

Ex-secretário propõe atrair novas indústrias em Mato Grosso


Da Redação - FocoCidade

Mato Grosso que ocupa hoje o primeiro lugar na produção de algodão com uma estimativa que nesta safra as áreas de cultivo cresçam mais de 20%, contudo o Estado é carente com a falta de indústrias que trabalham a matéria-prima na própria região.

O Estado ocupa hoje o primeiro lugar na produção de algodão, ou seja, pelo menos 72% da exportação é mato-grossense. Uma das propostas do ex-secretário de Estado, e empresário Alan Zanatta, candidato a deputado estadual, é de atrair novos empreendimentos no interior do Estado, como forma de gerar emprego e renda aos cidadãos.

"Somos um dos maiores produtores de algodão do Brasil, só que não temos apoio necessário por parte dos políticos e empresários. O estado precisa de indústria. Essa matéria-prima é mandado pra fora e depois retorna ao Estado através de calça jeans, roupas e demais produtos. Isso gera mais custo ao cidadão. Essa indústria precisa estar no nosso Estado, gerando emprego e renda. Não temos nenhuma indústria têxtil em Mato Grosso", disse.

Durante caminhadas por Várzea Grande, Zanatta declarou resgar o título de cidade industrial para a região. “O meu maior desejo é trazer de volta o título de “cidade industrial” para Várzea Grande, e buscar parcerias com o governo para diminuir nossas taxas para que os empresários escolham nosso Estado e nossos municípios para abrir sua empresa e assim gerar emprego para nossa população”, ressaltou.

Pela primeira vez se lançando a um cargo político, Zanatta que é empresário, afirmou que as pessoas estão se empenhando e trabalhando coletivamente nesse novo projeto com objetivo de mudar o cenário político no Estado. “Hoje o cenário político está vivendo uma descrença muito grande da população. Estamos juntos tentando mudar essa realidade. Por onde tenho percorrido, as pessoas têm elogiado nossa campanha e abraçando essa causa”, afirmou durante visita.

 

Com Assessoria