• Cuiabá, 16 de Novembro - 00:00:00

Presidente do PRTB aponta "retrocesso com MDB" no grupo do DEM


Da Redação - FocoCidade

O presidente do PRTB, vereador por Cuiabá Marcrean Santos, aproveitou um evento de líderes comunitários, no fim da última semana, para tecer duras críticas ao grupo de oposição ao governador Pedro Taques (PSDB) nas eleições deste ano.

Na avaliação do parlamentar, o MDB, partido da base de sustentação de Mauro Mendes (DEM) na corrida ao Palácio Paiaguás, representa o “maior fracasso de gestão pública já visto em Mato Grosso”.

“Se formos olhar para o lado de lá, vamos ver quem está somando com os candidatos de lá e vamos fazer a reflexão. O que o MDB representa para a população do estado de Mato Grosso é a maior derrota, o maior fracasso em gestão pública já visto em Mato Grosso, além de uma crise econômica que o Pedro Taques deu conta de resolver com todo o enxugamento da máquina, com toda seriedade, com toda ética”, defendeu.

A cúpula do PSDB faz questão de frisar que "o MDB foi o partido de Silval Barbosa", em menção à corrupção pontuada em sua gestão. A sigla é uma das que apoiam Mauro Mendes no pleito deste ano.

Em que pese as críticas de tucanos, a sombra da corrupção também atingiu o atual Governo do Estado, na esteira das Operações Rêmora, de desvios na Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e ainda a Bereré, de desvios no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).  

Mendes entrou na Justiça para impedir que seu nome seja ligado ao do presidente Michel Temer que, segundo recente pesquisa divulgada na imprensa nacional, possui alto índice de rejeição. A Justiça Eleitoral negou o pedido da defesa do democrata para que fossem retiradas da imprensa notícias que supunham a presença de Temer em seu palanque.

Segundo Marcrean, o Governo MDB de Silval em Mato Grosso entregou o Estado em situação financeira crítica. “Do jeito que o Pedro encontrou esse Governo, não ia resolver de um dia para o outro. Não existe mágico na política. O único mágico que eu conheço é o mágico ladrão. Ele entra, abre o cofre, rouba, sem qualquer respeito com o cidadão. Esse tipo de gente não tem o direito de voltar ao Governo, de estar no Poder representando alguém”, afirmou o presidente.

O vereador também lembrou importantes obras entregues pelo Governo Taques apesar dos problemas financeiros, como a duplicação da saída de Cuiabá para Chapada dos Guimarães, a obra do novo Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, as novas unidades do Ganha Tempo nos bairros CPA e Cristo Rei e as obras de mobilidade urbana inacabadas pela gestão passada.

“Se a gente cair de novo na mão dessas pessoas que já passaram pelo Estado e desse grupo que deixou Mato Grosso afundado no buraco, o que será da nossa população? Pedro Taques conseguiu fazer as coisas com responsabilidade, arrumou a casa e é o único que tem condições de continuar fazendo Mato Grosso seguir em frente”, completou Marcrean.

 

Com Assessoria