• Cuiabá, 23 de Setembro - 00:00:00

Após "batalha na Justiça", Gustavo Oliveira é eleito presidente da Fiemt


Da Redação - FocoCidade

Com 24 votos a favor, dentre os 32 válidos, o empresário Gustavo Pinto Coelho de Oliveira foi eleito presidente do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt). A apuração dos votos ocorreu nesta segunda-feira, (13/08) na sede do Tribunal Regional do Trabalho – 23ª Região (TRT 23), em Cuiabá. O empresário encabeçou a Chapa 1 – “União Pela Indústria”. 

A apuração foi realizada 10 dias após a votação, por determinação do desembargador Edson Bueno, após os desdobramentos de uma série de ações ajuizadas pela Chapa 2, na tentativa de suspender o processo eleitoral. A Fiemt defendeu, nessas ações, a lisura do processo conduzido pelas comissões Eleitoral e Recursal, por entender que, desde o início, os trabalhos foram marcados pelos princípios de legalidade, democracia, imparcialidade e transparência.

A eleição do Sistema Fiemt teve duas chapas inscritas e homologadas. A Chapa 2, “Fiemt Renovada e Independente”, obteve 8 votos. Votaram os delegados representantes de 33 sindicatos empresariais da Indústria de Mato Grosso, com um voto em branco. 

Em obediência ao Estatuto Social e Regulamento Eleitoral da instituição, a chapa eleita toma posse em 27 de novembro e fica à frente do Sistema Fiemt por quatro anos, sem possibilidade de reeleição do presidente. 

Gustavo Oliveira celebra o resultado e destaca que prevaleceu a vontade do Conselho de Representantes do Sistema Fiemt. “O Conselho de Representantes é o nosso órgão máximo e o real responsável pelas decisões tomadas na instituição. Tivemos um processo eleitoral transparente, imparcial e democrático, que permitiu a livre escolha pelos representantes dos sindicatos que formam esta casa”, enfatizou.

O empresário de 44 anos é sócio-proprietário da Britaguia e atua há mais de 20 no setor industrial. Faz parte da diretoria da Fiemt desde 2006 e, em 2015, passou a ocupar o cargo de primeiro vice-presidente. 

Gustavo destaca o compromisso de trabalhar em prol do setor industrial do estado. “Nós alcançamos conquistas muito importantes para o setor industrial nos últimos anos e agora estamos iniciando um novo processo, pois surgem novos desafios, diante do momento econômico e politico tão delicado no país”, comenta. “Mato Grosso precisa de uma nova matriz econômica, com mais investimentos privados, mais inovação, profissionais mais qualificados – afinal, somos poucos habitantes, precisamos ser imensamente produtivos – e um modelo de industrialização sintonizado com o momento econômico mundial”. 

Ele considera um erro tentar repetir o modelo de desenvolvimento industrial que frutificou no sul e sudeste do país, nas décadas de 1980 e 1990. “A indústria brasileira tem hoje defasagens tecnológicas e competitivas que a impedem de ser um player global em diversas áreas. Mato Grosso deve desenhar um novo modelo de desenvolvimento que respeite suas vocações, mas traga para cá o que há de mais moderno no panorama econômico mundial, investindo principalmente nos setores que têm projeção acentuada de crescimento de demanda para os próximos anos, tais como biocombustíveis, energia, alimentos, etc”.

O atual presidente, Jandir Milan, passará a fazer parte do Conselho Fiscal da entidade, a partir de 27 de novembro, além de se tornar conselheiro emérito do Sistema Fiemt, assim como os demais ex-presidentes. Ele também representa a FIemt como delegado junto à Confederação Nacional da Indústria (CNI). Milan destaca a experiência adquirida por Gustavo nos últimos anos, como membro da diretoria da Fiemt e, mais recentemente, também da diretoria da CNI. 

“Estamos orgulhosos por entregar o comando da Fiemt a um jovem tão competente e comprometido com o setor, que tem uma carreira sólida e precoce na indústria de Mato Grosso, além de amplo conhecimento e capacidade de articulação. A nova diretoria é muito equilibrada, com muitos empresários experientes e diversos jovens, uma composição que será muito positiva para que a Fiemt cumpra sua missão de estimular a industrialização de Mato Grosso”, afirma Milan. 

Confira a composição da nova diretoria: 

Diretoria | Efetivos
Presidente: Gustavo Pinto Coelho de Oliveira
Vice-Presidente: Rafael José Mason
Vice-Presidente: João Carlos Baldasso
Vice-Presidente: Silvio Cezar Pereira Rangel
Vice-Presidente: Sergio Ricardo Silva Antunes
Vice-Presidente: Carlos Avalone Junior
Vice-Presidente: Claudio Cleber Ottaiano
Vice-Presidente: Ailton Ferreira da Silva
Vice-Presidente: Antonio Bornelli Filho
Vice-Presidente: Wilmar José Franzner
Vice-Presidente: Jaldes Langer
Vice-Presidente: Edgar Teodoro Borges
Vice-Presidente: Franck Rogieri de Souza Almeida
1º Diretor Secretário: Rodrigo Prosdócimo Pancera Guerra
2º Diretor Secretário: Elias Correa Pedrozo
3º Diretor Secretário: James Claudio Parreira Duarte
1º Diretor Financeiro: Jose Alexandre Schutze
2º Diretor Financeiro: Ulana Maria Bruehmüeller Borges
3º Diretor Financeiro: Antonio Silva Toledo Pizza
Diretor: Geraldo Bento
Diretor: Lidio Moreira dos Santos
Diretor: Sigfrid Kirsch
Diretor: Helmut Hollatz
Diretor: Moacyr da Silva Barbosa Neto
Diretor: Lazaro Modesto de Morais
Diretor: Julio Cesar de Almeida Brás
Diretor: Jose Eduardo Pinto
Diretor: Cleverson Cabral
Diretor: Claudio Henrique Maluf Vilela


Diretoria | Suplentes
Celso Paulo Banazeski
Moacir José Damiani
Wagner Gasbarro do Nascimento
Carlos Roberto Terramocha
Hélio Arlindo Correa
Heloizo Motta Ramos
Flavio Salino Moreira
Gleisson Omar Tagliari
Willian Pimenta Vinald
Mauro Cabral Moraes
Gilmar Francisco Milan
Lucas Corrente Luz
Claudinei Melo Freitas
Mirna Contini Fontana
Marcelo Brandão de Oliveira
Kassiano José Ried
Luiz Gonzaga Ferreira Pinto
Wellington Nunes dos Santos
David Ferreira de Carvalho
Fernando Ulisses Pagliari
Erminio Brendler
Ayres dos Santos Neto
Luiz Carlos Richter Fernandes
Leonardo Guimaraes Rodrigues
Julio Hirochi Yamamoto Filho
Anildo Lima Barros
Siderlei Luiz Mason
Tiago Teixeira Machado
Vagno Vieira Dutra 


Conselho Fiscal | Efetivos
Ivo Fernandes Mendonça
Fausto Massao Koga
Jandir José Milan


Conselho Fiscal | Suplentes
Ronaldo Gomes Azambuja
Eustáquio Machado Miranda
Adilson Valera Ruiz


Delegados Representantes Junto à CNI | Efetivos
Gustavo Pinto Coelho de Oliveira
Jandir José Milan


Delegados Representantes Junto à CNI | Efetivos*Gustavo Oliveira é eleito presidente do Sistema Fiemt*
Silvio Cezar Pereira Rangel
Alexandre Herculano Coelho de Souza Furlan

 

Com Assessoria