Desafios, dramas e vitórias - Foco Cidade
  • Cuiabá, 14 de Agosto - 00:00:00

Desafios, dramas e vitórias


Sirlei Theis 

 

Desafios, dramas e vitórias, assim posso definir minha vida. Desde muito cedo precisei lutar muito e confesso que esta caminhada tem sido muito prazerosa. Ainda criança em Nova Ubiratã-MT, vi meu pai sair para uma viagem e nunca mais voltar, nem ele e nem o caminhão foram encontrados. Terminei o primário e precisei sair da casa da minha mãe para estudar.

Fui para Sinop trabalhar como baba na casa daqueles que hoje considero meus pais e minha segunda família. Deonildo e Salete Testa, me ensinaram muito e os meninos Rafael e Rodrigo acabaram virando meus irmãozinhos. Estudei, cresci e um dia a Tata foi embora em busca de novos desafios. Mais uma vez em busca de estudo, vim para Cuiabá. Aqui casei e a carruagem virou abóbora, fui vitima de violência doméstica e precisei reunir todas as forças que me restavam para escapar do ciclo da violência.

Liberta, me casei novamente e tive uma filha linda, passei no concurso do Governo do Estado e na Secretaria de Segurança Pública tive a oportunidade de escrever mais uma bela página da minha história. Passei por vários departamentos até chegar a Secretaria Adjunta de administração Sistêmica onde com apoio do então secretário Diógenes Curado implantei inúmeras mudanças, controles, avanços.

Posso afirmar que foi o período que a Segurança Pública mais avançou em Mato Grosso. Trabalhei também com Alexandre Bustamante, Mauro Zaque e Fábio Galindo e em 2015 me desliguei da pasta indo para a diretoria geral da policia civil (PJC), onde ao lado do diretor de execução estratégica Mario Demerval consegui criar um sistema para melhorar a execução e estrutura de todas as delegacias do estado, colocado em prática na cidade de Nova Ubiratã e pronto para ser levado a todo Mato Grosso.

Nunca fui de buscar os holofotes. Quando numa renegociação feita por mim ainda no primeiro ano de gestão como Adjunta da Pasta da Segurança, trocamos todas as viaturas do estado por carros mais potentes e sem receber um real a mais de orçamento, eu não estava na entrega. Eu também não fui pra mídia falar do programa anti stress que implementei com minha equipe, assim como nunca busquei a imprensa para falar das inúmeras acoes que partiram de ideias minhas e de minha equipe. Para muitos esse pode ter sido meu erro, mas confesso que faria tudo novamente, quem sabe faz e eu sei fazer e vou mostrar isso agora dia a dia. 

Depois de tudo que passei estou fortalecida para aceitar qualquer desafio. No meu vocabulário derrota, impossível, complicado, são palavras que não existem e as pessoas que me conhecem sabem muito bem disso. 
Este ano pela primeira vez me filiei a um partido, escolhi o Partido Verde (PV) pelas propostas e ideologia. E agora meu partido foi chamado para um grande passo, assumir a vice-governadoria na chapa do candidato a Governador Welington Fagundes. Caberá a mim ser aquela que ira representar todos os candidatos e filiados do PV. Ontem quando meu nome foi colocado em votação pela executiva do partido e aprovado, daquela sala saiu uma mulher forjada pelo tempo e pela historia. 

Na minha primeira fala como candidata a vice-governadora falaram a criança que venceu a distancia da família, a mulher vitima de violência, a servidora pública, a advogada, a gestora, a esposa, a mãe, a amiga, aquela que aprendeu a conviver com às diversidades, aquela que aprendeu a lutar pelas suas ideias, essa sou eu. 
E se alguém te perguntar quem é Sirlei Theis pode responder sem medo, é uma mulher preparada por Deus para aceitar e vencer qualquer desafio.

 

Sirlei Theis é Advogada Pública e especialista em Gestão Pública / Ocupa a função de vice na chapa majoritária liderada por Wellington Fagundes (PT).




0 Comentários



    Ainda não há comentários.