• Cuiabá, 16 de Novembro - 00:00:00

Presidente do Crea-MT alerta sobre importância da certificação do Indea para agricultura


Foto: Assessoria  - Foto: Foto: Assessoria Foto: Assessoria
Da Redação - FocoCidade

“Mato Grosso é o Estado brasileiro maior produtor de soja, milho e algodão, e vem crescendo em outras culturas, merece garantir a certificação do que é produzido em seus campos. Ficamos feliz em ver que voltam a investir no Indea há muito tempo esquecido”, declarou o presidente do Crea-MT, João Pedro Valente, durante a inauguração do Arquivo Central e do Laboratório de Sanidade Vegetal, localizados no Complexo do Indea, em Cuiabá, na noite de 04 de julho.

De acordo com o João Pedro Valente, “um dos papeis do Indea é o de garantir a certificação do que é produzido no campo, para que se possa dar sustentação para o crescimento da agricultura no Estado”.

As instalações forram inauguradas pelo Governo do Estado, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT). As obras foram realizadas com recurso do Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase).

Para a presidente do Indea, Daniella Bueno, esse é um momento importante para a autarquia. “A cada entrega sentimos que estamos mais próximos de concretizar o sonho de ter o Indea totalmente revitalizado”. A gestora destaca ainda que o laboratório poderá ser equiparado a laboratórios nacionais de referência, o que irá elevar a defesa agropecuária de Mato Grosso a um novo patamar.

O Laboratório de Sanidade Vegetal vai contar com equipamentos de última geração e irá realizar análise de pragas e doenças de importância para a defesa vegetal, ampliando e complementando o trabalho que já vem sendo realizado pelo Laboratório de Análise de Sementes “Guilherme de Abreu Lima” (Lasgal) – reinaugurado em 8 de setembro de 2015, obra realizada também por meio de recursos do Fase.

O laboratório contará com um corpo técnico de servidores capacitados para realizar as análises. As atividades já devem iniciar na próxima safra de soja, em setembro deste ano. O espaço vai atender produtores rurais, entidades de pesquisa, universidades, órgãos de defesa agropecuária, bem como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

De acordo com o superintendente Federal de Agricultura em Mato Grosso (SFA-MT/Mapa), José de Assis Guaresqui, com a estrutura do novo laboratório é certo que o estado continuará avançando e crescendo na produção agropecuária. “O Ministério da Agricultura reconhece o trabalho que é desempenhado pelo Indea, e o envolvimento dos servidores em todas as ações. Através da capilaridade do Indea chegamos a todos os rincões do estado”.

O secretário adjunto de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT), Alexandre Possebon, ressaltou a parceria entre governo e iniciativa privada em prol da sociedade. Para o presidente do Fase, Gutemberg Carvalho Silveira, essa parceria é uma oportunidade de poder contribuir com Mato Grosso. “Esse é um recurso que é do produtor rural, do servidor do Indea, e está dando bons frutos. Queremos ver o servidor trabalhando em um ambiente que ofereça bem-estar, consideramos como algo importante uma vez que são os servidores que estão no atendimento direto ao produtor, e com isso teremos segurança na qualidade do serviço prestado, segurança em todo o processo da cadeia produtiva”. (Com assessoria)