• Cuiabá, 16 de Outrubro - 00:00:00

Taques rebate Mauro Mendes e cutuca: "não pode ter medinho"


Da Redação - FocoCidade

O governador Pedro Taques (PSDB), mantendo seu estilo “bateu, levou”, rebateu análises do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), pré-candidato ao Governo, em tom provocador.

“Para ser candidato, não pode ficar com medinho”, disse o chefe do Executivo estadual em entrevista ao programa Chamada Geral da Rádio Mega FM, na manhã desta quinta-feira (14).

A declaração soa como “alfinetada” à posição do ex-gestor que coloca condicionantes para oficializar o projeto com seu nome na cabeça de chapa majoritária.

Mendes, que colocou seu nome à disposição do Democratas para disputar o comando de Mato Grosso, assinala necessidade de serem concretizados planos de viabilidade política e “financeira”. Ele também acentua que "é preciso debater uma nova gestão", assinalando a incompetência da atual. 

A posição de Taques, de cutucar o ex-prefeito, demonstra que no PSDB está firme o projeto à sua reeleição. O clima de pré-campanha também antecipa o tom dos discursos no período oficial.

No DEM, as últimas articulações buscam alinhavar a formatação da chapa majoritária, tendo ainda o ex-senador Jayme Campos à disputa ao Senado. O PDT de Zeca Viana simpatiza com a aliança, e coloca em análise o nome do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta como possibilidade de ocupar a vice de Mendes.