• Cuiabá, 15 de Outrubro - 00:00:00

Governo anuncia plano de segurança com reforço durante a Copa


Da Redação - FocoCidade

A segurança pública do Estado confirmou plano de ação para atuar nos dias de jogos da Copa, em força-tarefa preventiva e ostensiva.    

Segundo o Estado, acréscimo de efetivo atenderá Cuiabá, Várzea Grande e demais municípios do interior do Estado. Para compor o incremento no trabalho operacional, as forças de segurança irão reduzir em 30% os servidores do administrativo para o emprego tático operacional, além do policiamento ordinário de cada instituição.

Em todo o Estado foram mapeados 40 pontos, públicos e particulares, de espaços para a transmissão dos jogos. Somente na Polícia Militar, mais de 120 policiais serão empregados por jogo. Já na Polícia Judiciária Civil, serão 34 policiais, entre investigador, escrivão e delegado e 40 Bombeiros Militares.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Jonildo José de Assis, disse que um trabalho integrado de mapeamento foi realizado para garantir a segurança pública durante o evento esportivo.

“Houve todo um planejamento prévio no sentindo de tentar antecipar as ações preventivas e de repressão imediata, não só na capital, mas também no interior do Estado. Serão mais de 150 policiais envolvidos, sendo que a Polícia Militar ficará a cargo de todo o reforço na parte onde existirem as concentrações em locais públicos e nos arredores dos locais particulares. Já o Bombeiro Militar também entrará no sentido de fazer a prevenção e o atendimento de urgência e emergência no interior e a Polícia Judiciária Civil estará focada no reforço aos plantões policiais”, destaca.

Ainda durante a Copa do Mundo, o Corpo de Bombeiros Militar fará vistorias nos locais abertos ao público para constatar a aptidão do espaço quanto a segurança. “Temos um planejamento de fiscalização nos locais de concentração de público. Vamos averiguar as condições destes espaços nos termos a legislação contra incêndio e pânico”, disse o diretor adjunto do CBM, tenente-coronel BM Willkerson Cavalvante.

Também durante os jogos, serão realizados operações Lei Seca e o Batalhão de Trânsito Rodoviário da Polícia Militar (BPTran) vai fazer bloqueios nas rodovias estaduais.

Balanço da Sesp assinala que de janeiro a maio de 2018 foram realizadas 28 operações Lei Seca em Cuiabá e Várzea Grande. Do total desta ação foram 361 autuações pelo artigo 165, do Código de Trânsito Brasileiro, que trata sobre dirigir sobre a influência de álcool. Outras 135 autuações foram pelo artigo 165 – A, que é quando o motorista se nega a fazer exames que comprovam a embriagues e 128 foram presos em flagrante por conduzir veículo sob influência de álcool.

Fazem parte da ação Lei Seca a Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito, Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) e Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), e é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública. (Com assessoria)