• Cuiabá, 15 de Outrubro - 00:00:00

'Dizem que erramos, mas gostaria que apontassem quais esses erros', dispara Taques


Foto: Assessoria  - Foto: Foto: Assessoria Foto: Assessoria
Da Redação - FocoCidade

Em evento suprapartidário, em Cáceres, o governador Pedro Taques (PSDB) mandou recado à oposição e adversários nas eleições 2018. Taques provocou os críticos em seu discurso, pontuando os esforços da gestão para superar a crise que atingiu o Estado.  

"É impossível resolver todos os problemas do Estado em quatro anos. Mas fizemos muitos mais do que outros que por aqui já passaram. Dizem que erramos, mas gostaria que apontassem quais esses erros. Aumentamos o salário em mais de 50%, se isso é errar, quero continuar errando. Garantimos o pagamento do RGA, se isso for pecado, sou pecador”, disparou o tucano.

Líderes das siglas e diversos políticos da região Oeste participaram de uma reunião suprapartidária, realizada na cidade de Cáceres, no sábado (9). Além do PSDB, também estavam presentes o PPS, PRTB, Solidariedade, Patriota, PSB e PSD. Nove prefeitos da região também estavam presentes, além de vereadores, líderes políticos e pré-candidatos.

O presidente estadual do PSDB, Paulo Borges, destacou que o partido é, hoje, um dos maiores do Estado. Embora Taques não afirme ser pré-candidato, Borges ressalta que o PSDB trabalha no projeto de reeleição.

“Temos o objetivo de fazer com que o nosso governador seja reeleito para o bem de Mato Grosso. Embora o senhor fale que quer fazer gestão, estamos trabalhando em sua pré-candidatura. O senhor é o que tem de melhor para o nosso Estado, afirmou Borges sendo em seguida aplaudido pelos presentes ao encontro.

O deputado estadual Guilherme Maluf ressaltou que o PSDB está integralmente fechado e trabalhando pela reeleição, citou as ações da gestão tucana e enviou recado: "Aos fuxiqueiros de plantão que só sabem criticar, a resposta será com obras e ações".

Na mesma linha, o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (SD), salientou que as obras da gestão de Taques são e serão percebidas pela população em todas as regiões do Estado. “Monitoro minha cidade todos os dias e o senhor está crescendo lá dia a dia”. Também manifestaram o apoio ao projeto de reeleição do atual governador o presidente estadual do PRTB, deputado Macrean Santos, o vice-presidente do Patriota, Milton Rodrigues, ao lado do secretário-geral da sigla, Antônio Carlos Paz, do presidente do PSB, deputado Max Russi e do presidente do PPS, Marco Marrafon.

Além dos dirigentes partidários, outras lideranças fizeram questão de ressaltar os feitos da atual gestão e apontarem o nome de Taques como o melhor caminho para que os avanços continuem a serem registrados. “Diziam que o governador estava isolado, que o PSDB estava dividido, que ninguém iria apoiá-lo. Em comparação com a reunião que aconteceu há duas semanas atrás, aqui nesta cidade, ela foi realizada em uma sala, enquanto aqui, este ambiente ficou pequeno para tanta gente”, lembrou o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) ao destacar o alto comparecimento à reunião suprapartidária.

Taques prosseguiu pontuando avanços em outras áreas essenciais, como Saúde, Segurança Pública e Educação. “Éramos o 25° no Ideb e agora subimos para 21°. E vamos melhorar ainda mais este ano. Instalamos 200 novos leitos de UTI; aumentamos os investimentos em segurança e diminuímos a violência. Fizemos 66 mil cirurgias oftalmológicas com a Caravana da Transformação. Se tudo isso for errar, vamos continuar nesse caminho. Estamos cuidando de quem mais precisa".

Apesar das falas dos partidos aliados sobre a candidatura à reeleição, o governador não comentou sobre campanha, disse que este é um momento de construção política, agradeceu as manifestações de confiança e disse ainda que, no momento oportuno, irá comentar porque antigos aliados mudaram de lado. (Com assessoria)