Botelho diz que sem repasse do duodécimo atrasado, AL não pagará fornecedores - Foco Cidade
  • Cuiabá, 18 de Agosto - 00:00:00

Botelho diz que sem repasse do duodécimo atrasado, AL não pagará fornecedores


Da Redação - FocoCidade

A expectativa na Assembleia Legislativa é de que o Governo do Estado apresente em breve solução para o impasse que se arrasta em relação aos atrasos no repasse do duodécimo, que atinge outros Poderes e órgãos, e ainda sobre o contexto das emendas.

Presidente da Casa de Leis, Eduardo Botleho (DEM), disse em entrevista à Rádio Capital, na sexta-feira (20), que se não forem repassados cerca de R$ 100 milhões devidos pelo Executivo à Assembleia, o pagamento de fornecedores estará sob risco.   

Ele pontuou ainda que o montante devido pelo Governo relativo ao duodécimo global de Poderes, é de aproximadamente R$ 540 milhões. Considerou a disposição do Executivo na tentativa de resolver as pendências, mas não soube precisar período para que o problema seja resolvido.  

"Evidentemente temos dívida com fornecedeores e se não receber (duodécimo) não tem como pagar", alertou.

Emendas

O presidente do Poder Legislativo observou ainda a esperança de que o Executivo possa honrar com o pagamento das emendas impositivas, já que são desenhos de parlamentares na peça orçamentária que visa atender principalmente municípios, em suas bases, com projetos e obras.  

Ele se reuniu com representantes do Estado nessa semana, como o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, em que o assunto foi posto na pauta de resoluções". 

"O governo parou de pagar por uma semana e meia, e nessa reunião com Gallo prometeu destinar 1 milhão por dia", disse ao mencionar que de "R$ 60 milhões, pagou cerca de R$ 20 milhões e estamos na luta pra ver se paga".




0 Comentários



    Ainda não há comentários.