• Cuiabá, 22 de Maio - 00:00:00

'MUDEI DE PARTIDO, NÃO QUEM SOU'


O vereador Cézare Pastorello, agora no Solidariedade após celeuma no PSDB que culminou em sua saída dos quadros tucanos, mantém o discurso crítico, e novamente, direcionado ao Palácio Paiaguás. 

Na sessão da segunda-feira, 16 de abril, em discussão de requerimento a respeito da produtividade médica, o vereador cobrou duramente o Governo do Estado.

“Eu vi aqui dois vereadores dizendo que o problema da saúde municipal é falta de dinheiro. Que o município gasta mais do que o mínimo obrigatório, todos sabemos. Mas, de janeiro de 2017 para cá, o Estado empenhou, liquidou e não pagou, quase 2 milhões de reais. É claro que esse dinheiro teria utilização na rede municipal,” declara Pastorello.

Questionado sobre a sua posição no partido Solidariedade, que é um dos que fará parte da base do Governador Pedro Taques para reeleição, Pastorello é enfático: “eu mudei de partido, mas, não mudei quem eu sou, muito menos mudei as minhas prerrogativas parlamentares. Vou continuar cobrando o que a lei me permite, até o seu limite, para melhorar a saúde da população", disparou...




0 Comentários



    Ainda não há comentários.