• Cuiabá, 20 de Setembro - 00:00:00

Estado dá sinais de recuperação e confirma pagamento de parcela da dívida


Da Redação - FocoCidade

O Executivo de Mato Grosso dá os primeiros sinais de recuperação da grave crise que atingiu em cheio os cofres públicos. Depois de assinalar o pagamento da folha "integral" dos servidores, nesta sexta-feira (9), o Governo também anunciou a quitação da primeira parcela anual da dívida contraída junto ao Bank of America. 

Segundo o Governo, a parcela foi paga na quinta-feira (8). O valor foi de R$ 117,877 milhões, com o dólar cotado no dia a R$ 3,2460, segundo a Secretaria de Fazenda (Sefaz-MT). A quantia em moeda americana soma US$ 36,314 milhões.

Do total pago, R$ R$ 86,123 milhões são destinados ao valor principal, para amortizar o estoque da dívida, e outros R$ 31,754 milhões para o pagamento dos juros, de 5% ao ano, e encargos.

A parcela de março é a nona paga ao Bank of America. O desembolso total, até este mês, soma R$ 956,897 milhões. O contrato tem o Governo Federal como avalista e o não pagamento implicaria na suspensão de repasses, já reduzidos pela União. A segunda parcela de 2018 vence no mês de setembro.

“Continuamos em negociação com o Banco Mundial (BIRD) para podermos realizar a troca do credor. A redução dos juros e encargos é importante nesse momento em que estamos trabalhando o realinhamento fiscal de Mato Grosso”, afirma o secretário Rogério Gallo.

Por ocasião do empréstimo, a contratação não foi contemplada com o mecanismo contra a variação cambial, ou seja, de fixar o preço do dólar ao longo do contrato, firmado em 2012 e com vigência até 2022.

Por isso, mesmo com redução de 36% em dólar, por conta do crescimento gradativo da amortização, o valor em reais subiu 2%. Na época da contratação do empréstimo a dívida inicial era de R$ 972,428 milhões, enquanto o estoque atual é de R$ R$ 993,5 milhões. (Com assessoria)