• Cuiabá, 18 de Setembro - 00:00:00

Trincheira Santa Rosa terá bloqueios pontuais durante a semana


Da Redação - FocoCidade

A Trincheira Santa Rosa será interditada na parte interna neste sábado (17), das 14h às 16 horas, ficando liberada as marginais.

A medida foi tomada pela empresa responsável pelos serviços, sob supervisão e orientação da Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT), com apoio e autorização da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), para retirada e reposição de material e assim garantir a segurança dos trabalhadores da obra e motoristas que trafeguem pelo local.

Esses bloqueios devem ter a duração de uma semana e a Semob orienta o uso de rotas alternativas nos horários previstos.

Rotas alternativas

- Avenida Miguel Sutil, do Círculo Militar sentido Centro de Eventos do Pantanal, a rota alternativa é a Rua Almirante Henrique Pinheiro Guedes, acessando a Avenida Lava Pés ou a Ramiro de Noronha e posteriormente a Tenente Alcides Duarte Souza que terá retorno na Rua José Monteiro de Figueiredo.

- Avenida Miguel Sutil, do Centro de Eventos do Pantanal sentido Círculo Militar, pode acessar a Avenida Mário Palma, seguindo a Avenida Antártica ou a Rua Engenheiro Álvaro Pinto de Oliveira.

- Avenida Antártica sentido Centro pode desviar pela Rua Antônio João Ribeiro e depois a Rua Damasco, assim terá acesso a Avenida Miguel Sutil

- Avenida José Monteiro de Figueiredo, na altura da antiga Secopa, converge na Rua Marechal Zenóbio da Costa e depois a Marechal Floriano Peixoto, tendo acesso a Avenida Miguel Sutil.

A obra

Com 520 metros de extensão e investimento de R$ 23,53 milhões a Trincheira Santa Rosa teve sua construção iniciada em março de 2012, visando ser entregue em 2014, para a Copa do Mundo e atualmente está recebendo os trabalhos de finalização da estrutura.

As obras de conclusão da trincheira começaram em setembro e, desde o início de novembro, a estrutura conta com interdição parcial na parte de baixo (mergulho) para garantir a colocação do escoramento metálico que dará suporte para a construção das lajes, que possibilitará a implantação de acessibilidade (passarelas de pedestres) e paisagismo no local.

A obra contempla reparo nas paredes da trincheira, pavimentação e trabalhos complementares de acessibilidade e sinalização, que vão melhorar a trafegabilidade de pedestres e veículos. Entre os itens de acessibilidade previstos estão a instalação de faixa de pedestre, rampa para cadeirante, piso tátil e plataforma elevada. Também serão instaladas as sinalizações vertical e horizontal. (Com assessoria)