• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

Repasse do FPM aos municípios soma R$ 139 mi; aumento de 15%


Da Redação - FocoCidade

A remessa do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) às prefeituras de Mato Grosso, na sexta-feira (9), somou R$ 139,7 milhões, em montante que representa aumento de 15% se comparado ao mesmo período do ano passado, que contabilizou R$ 121,3 milhões.

Somente a primeira parcela deste mês ficou muito próxima do valor das três parcelas do FPM  de janeiro que somaram R$ 147,5 milhões. A segunda e a terceira parcela de fevereiro devem ser repassadas nos próximos dias 20 e 28, respectivamente.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, Neurilan Fraga, disse que o acréscimo foi comemorado pelos prefeitos, que têm a responsabilidade de atender várias demandas nos municípios.

“O aumento é importante, principalmente devido à falta de autonomia financeira das prefeituras, que acumulam muitas atribuições. Esperamos que a expectativa de crescimento se consolide nos próximos repasses de fevereiro e também nos meses seguintes”, assinalou, ressaltando que o Fundo é uma das principais fontes de receita de muitos municípios, principalmente os menores, que mais dependem de transferências constitucionais.

A Secretaria do Tesouro Nacional - STN publicou a expectativa para o FPM de fevereiro. Segundo o órgão, deve haver um aumento de 24%, em comparação aos repasses do mês anterior e 3,9% com relação ao mesmo período de 2017.

Já para o mês de março é esperado um crescimento de 5,9% em relação a março do ano passado. Historicamente, os recursos do FPM do primeiro semestre sempre são maiores, o que requer planejamento dos gestores para o segundo semestre.

O Fundo de Participação dos Municípios - FPM é uma transferência constitucional da União, cuja distribuição é baseada no número de habitantes de cada cidade, estimado anualmente pelo IBGE e por outros indicadores que formam o índice de distribuição do fundo. O FPM é composto pelo Imposto de Renda- IR e pelo Imposto sobre Produtos Industrializados -IPI, e repassado nos dias 10, 20 e 30 de cada mês, diretamente da  Secretaria do Tesouro Nacional para as contas bancárias das prefeituras. (Com assessoria)