• Cuiabá, 22 de Outrubro - 00:00:00

VI À DISPOSIÇÃO


Na Casa dos Horrores, em meio à parafernália, também é possível encontrar o caminho do bom senso. O vereador Gilberto Figueiredo (PSB) propôs a implementação de um sistema eletrônico de protocolo de documentos.

O detalhe é que o parlamentar disse que "abre mão de parte da verba indenizatória (VI) que recebe para o custeio das despesas de seu gabinete, para garantir que o sistema eletrônico seja implementado".

A posição do vereador, no entanto, deve encontrar "ressalvas" entre aqueles que utilizam a VI para muitas finalidades, menos as melhorias reais...