• Cuiabá, 13 de Dezembro - 00:00:00

Operação integrada da polícia reforça segurança nos 141 municípios


Da Redação - FocoCidade

A segurança pública foi reforçada neste final do ano, com ações estratégicas nos 141 municípios do Estado. O objetivo da operação integrada “Final de Ano Seguro”, que começou na sexta-feira (1º) e segue até janeiro de 2018 com envolvimento das forças de segurança, é reduzir os índices de violência e criminalidade no Estado, que se afloram no período.

A Secretaria de Estado de Segurança pontua que "as naturezas criminais como roubos, furtos e o tráfico de drogas, que já vêm sendo combatidas em diversas operações integradas desde o começo do ano, terão os cuidados redobrados da segurança para dar maior comodidade ao cidadão nas áreas de compras dos principais centros comerciais de Cuiabá, Várzea Grande e do interior do Estado".

Devido à maior circulação de pessoas e movimentação financeira, nesta época do ano a estratégia é o policiamento ostensivo com o aumento do efetivo que vai atuar em escala de plantão para atendimento às demandas do período.  

O secretário de Segurança Pública Gustavo Garcia destaca que todos os policiais estarão em missão específica dentro da especialidade de sua unidade, com atenção especial aos locais com grande concentração de pessoas no período natalino, principalmente a região central e áreas de circulação de pessoas. “Esse trabalho contará com permanente assessoramento dos núcleos de inteligência. Com resposta rápida e efetiva vamos transmitir maior sensação de segurança ao cidadão”, declarou o secretário.

O reforço também contará com apoio de aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), da unidade móvel do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), que monitora as câmeras espalhadas em diversos pontos das cidades, e é responsável por coordenar o atendimento e despacho de ocorrências de emergência.

Além dos comandos regionais e especializados da Polícia Militar (PM-MT), a operação Final de Ano tem a participação das unidades vinculadas à Polícia Judiciária Civil (PJC), do Corpo de Bombeiros Militar, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran). (Com assessoria)




0 Comentários



    Ainda não há comentários.