• Cuiabá, 16 de Novembro - 00:00:00

Empresários da construção na mira da PF


FOLHAMAX

A Polícia Federal de Mato Grosso cumpre nesta quinta-feira 45 mandados de busca e apreensão e três de condução coercitiva contra grandes empresários do ramo imobiliário em Mato Grosso. Esta é a décima primeira fase da "Operação Ararath".

Um dos alvos é o empresário Georges Maluf, dono da construtora GMS, que tem sede na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. Ao todo, 90 policiais federais participam da operação que tem o objetivo de colher provas sobre um possível esquema de lavagem de dinheiro através da compra de imóveis em nome de "laranjas".

Os recursos para compra de imóveis de luxo seriam oriundos da corrupção no Estado. A operação de hoje é com base nas fases anteriores da "Operação "Ararath" em que documentos apreendidos revelaram que alvos não estariam declarando apartamentos adquiridos nas empresas de construção.

Os mandados são cumpridos em Cuiabá e Várzea Grande. Dos três mandados de condução coercitiva, dois já foram cumpridos.