• Cuiabá, 18 de Junho - 00:00:00

Estrutura do Marketing. Varejo/ Político/ Digital

Olá gente, hoje vou falar um pouco das pessoas e empresas que perdem dinheiro por não terem um objetivo de Marketing definido.

Temos que definir bem, o que, onde e para quem estamos anunciando, e isso vale para todos inclusive para o Marketing Político.

Uma das estratégias do Marketing que eu acredito é escolher a sua viabilidade, pois de nada adianta traçarmos muitos objetivos e não alcançá-los.

Temos que fazer sempre as perguntas:

- Por que anunciar?

- O que esperamos conquistar?

Existem vários objetivos, tais como: aumentar as vendas, converter vendas, fortalecer a marca, gerar vendas, criar experiências, enfim, para cada dor um remédio.

Particularmente, gosto muito do Marketing Político, da área de saúde, do varejo e branding, são segmentos que envolvem toda cadeia de conhecimento, feeling e expertise.

Todos os objetivos têm que ser medidos, para o marketing digital usamos o KPI ( Key Performance Indicator) que é como podemos analisar se o objetivo está sendo realizado, mensurado, inclusive as oportunidades.

Em cima do KPI temos uma infinidade de variantes as quais devemos escolher qual ou quais serão direcionadas ao nosso objetivo, como por exemplo o ROI que sinteticamente falando é o Retorno do Investimento.

Enfim, mergulhamos numa infinidade de siglas que são usadas para determinar as mais usadas métricas, tais como estas mais comuns:

- CPM (custo por mil);

- CTR (taxa de cliques);

- CR (taxa de conversão).

E por aí vai. Todas são importantes, mas como disse antes temos que ter o objetivo definido para não se perder no caminho.

Os novos canais e conteúdos surgem a todo momento, por isso o profissional que cuida da sua estratégia deve ter em mãos todos os indicadores e uma visão abrangente para obter êxito.

Finalizando, o marketing não se resume em apenas um anúncio bonito, é a união e mensuração de um todo.

 

Cláudio Cordeiro é Publicitário/Advogado/Consultor Politico. CEO Gonçalves Cordeiro. Membro Alap/ FENAPRO/ Sinapro-MT/ ABCOP.



1 Comentários

  • Jose Ribas disse:
    30 de Outubro

    É isso aí, concordo com tudo.


  •