• Cuiabá, 22 de Maio - 00:00:00

Eleição e ilações

Por ilação entenda-se suposição. Em eleição as suposições vigoram quando não se construiu um planejamento amplo e abrangente para a gestão. A eleição em Cuiabá, só pra citá-la como exemplo, cabe dentro disso. Nenhum dos seis candidatos organizou um efetivo e real planejamento. Por muitas razões. A principal delas foi a pressa. Mas algumas idéias são interessantes mesmo sem o planejamento.

O fato é que a cidade precisa se encontrar a cada dia e se aproximar do cidadão. Já que não temos planos, vamos à execução das idéias possíveis. Porém, a falta de planejamento sugere que passe a valer então a experiência. Nesse item temos três candidaturas com experiências: Wilson Santos, Emanuel Pinheiro e Serys Slhessarenko. As demais candidaturas, em que pese sua importância para a eleição, são inexperientes.
Nesse ambiente de experiência como fator de recomendação, o ex-prefeito Wilson Santos ganha de longe, com longa vivência parlamentar e executiva. Segue-se Emanuel Pinheiro, com experiência legislativa e Serys, com experiência executiva e parlamentar.

Por que é importante a experiência executiva e parlamentar atualmente? Os candidatos, no desconhecimento da realidade, fazem promessas fora da curva. Exemplo, municipalizar o transporte coletivo ou assumir o VLT em Cuiabá, pra falar em algumas. Quem tem experiência executiva e parlamentar sabe que a realidade exige, mas a condição de possibilidade às vezes impede. Uma vez eleito, estabelece-se imenso conflito entre o que se achava no calor da eleição, e o que é possível na frieza das possibilidades da gestão.

Face ao avanço dos negócios no interior, a capital será cada vez mais o ponto de referência no estado de Mato Grosso. Se sua gestão falhar por inexperiência ou por incompetência nesses próximos quatro anos, os prejuízos serão enormes. Então, recomenda-se ao eleitor para essas eleições a experiência executiva e parlamentar dos candidatos. Eleição é uma coisa, realidade da gestão é outra!

Onofre Ribeiro é jornalista em Mato Grosso

onofreribeiro@onofreribeiro.com.br   www.onofreribeiro.com.br

 



0 Comentários



    Ainda não há comentários.